Vaga para monitores escolares – Programa Operação Trabalho – POT Volta às aulas

O Programa Operação Trabalho – POT, é um Programa de inclusão social que busca qualificar pessoas para oportunidades no mercado de trabalho, propiciando a vivência profissional enquanto BOLSISTA.

O Projeto “𝐏𝐎𝐓 𝐕𝐨𝐥𝐭𝐚 𝐚̀𝐬 𝐀𝐮𝐥𝐚𝐬” é destinado para a inserção de mães de alunos de escolas públicas ou mulheres da comunidade escolar. A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo – 𝗦𝗠𝗗𝗘𝗧, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação – 𝗦𝗠𝗘 e a Secretária Municipal de Saúde – 𝗦𝗠𝗦, fará a seleção de 𝙢𝙪𝙡𝙝𝙚𝙧𝙚𝙨, com o objetivo de ampliar a oferta de trabalho nos diferentes territórios, considerando que elas sejam, majoritariamente, as que sustentam suas casas.

As selecionadas atuarão na conscientização do cumprimento dos protocolos sanitários e terão acesso a cursos de qualificação profissional.

Entre as funções desempenhadas pelas inscritas no programa está a constante conscientização e orientação com respeito às normas de distanciamento social e ao cumprimento das determinações dos protocolos sanitários. As vagas serão distribuídas entre unidades educacionais espalhadas pelas 13 Diretorias Regionais de Ensino (DREs). O secretário de Educação reforçou que essas mulheres não substituirão os trabalhadores efetivos ou terceirizados que atuam nas unidades educacionais.

𝘼𝙩𝙞𝙫𝙞𝙙𝙖𝙙𝙚

Monitores Escolares

𝙋𝙪́𝙗𝙡𝙞𝙘𝙤 𝘼𝙡𝙫𝙤

Mulheres de 18 a 50 anos.

𝗘𝘅𝗶𝗴𝗲̂𝗻𝗰𝗶𝗮𝘀 𝗢𝗯𝗿𝗶𝗴𝗮𝘁𝗼́𝗿𝗶𝗮𝘀:

– Ter no mínimo 18 anos completos;

– Estar desempregada há mais de 04 (quatro) meses e não receber benefícios como seguro-desemprego, entre outros;

– Residir no território em que irá exercer suas atividades;

– Renda per capta não superior a meio salário mínimo (ou seja, somando tudo o que a família recebe e dividindo pelo número de pessoas que vivem na residência, incluindo crianças, o valor deverá ser igual ou inferior à metade do salário mínimo);

– Estar com a situação cadastral do CPF regular junto à Receita Federal;

– Auto Declarar-se sem doenças preexistentes ou não pertencente aos grupos de risco da COVID.

𝗜𝗻𝗳𝗼𝗿𝗺𝗮𝗰̧𝗼̃𝗲𝘀 𝗱𝗮 𝗕𝗼𝗹𝘀𝗮 𝗔𝘂𝘅𝗶́𝗹𝗶𝗼:

– Jornada semanal: 30 horas semanais, 6h por dia de segunda a sexta-feira;

– Local de atuação: Nas 1.530 Escolas da rede Municipal de Ensino de São Paulo;

– Duração: Contrato de 06 meses;

– Valor da bolsa auxílio: R$ 1.155,00.

Obs.: Prioritariamente serão inseridas mães de alunos que estudem em escolas públicas municipais.

Acesse o formulário de inscrição: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSeSiVN1Qalde0np-CBcV3cpAy31OGeplQ8rIUyUQWxmHNpu8A/viewform

Atenciosamente,

Gestão Amorim Lima