Festa da Cultura 2019 – Gastronomia

No dia 28 de setembro, das 12h às 19h, acontecerá mais uma Festa da Cultura da Amorim Lima. O tema deste ano é Gastronomia. A Festa é a finalização de um processo que envolve todas as tutorias da escola.

O tema é escolhido pelos estudantes, por meio de assembleias e votações. Nas assembleias são apresentados os temas e nelas acontecem também a defesa de cada um dos dos escolhidos. Em 2015, o tema foi Cinema e em 2016, a Música. 2017 foi a vez de Games e Tecnologia e no ano passado Esporte, Jogos e Brincadeiras.

A Festa que acontecerá no dia 28 de setembro é um dos maiores exemplos de democracia participativa de nossa escola e aplicação direta do Projeto Político Pedagógico (PPP). Ela é a aplicação prática de dois Objetivos Específicos do PPP:

– Ampliar as experiências culturais para a transformação das relações entre os homens em sociedade.

– Criar e organizar os espaços para o pleno desempenho do projeto.

Ela não é um evento pontual que se resume ao dia da festa. A Festa é o ponto de culminante de um grande processo, o fechamento de um ciclo virtuoso. É um trabalho extenso que se inicia com a escolha do tema, ainda no primeiro semestre, por meio dos estudantes em assembleias e votações.

Quem vem e vê somente o dia da Festa da Cultura, não tem ideia do quanto, aquilo que se vê, gerou de trabalho para os estudantes. Muito tempo de pesquisa e aprendizado, dedicação dos tutores e atuação comunitária. Aliás, a melhor maneira de entender e sentir esta festa é acompanhar o que suas filhas e filhos fazem durante o processo de preparação para o dia da Festa.

Gastronomia é Cultura? Mais do que ser uma coisa ou outra estes pontos estão completamente interligados, pois a comida é uma das principais formas de se definir a cultura de um povo, de um país, uma região. A gastronomia e, em geral, o conjunto das práticas culturais relacionadas com a alimentação representam um importante elemento de diferenciação social. Em particular, em contexto multicultural, em que se discutem as estratégias para a gestão da migração e da integração sociocultural, as práticas alimentares podem tornar-se um valioso elemento para a educação para a diferença e para a inclusão.

Assim os trabalhos das tutorias serão baseados em cinco pilares que se conectam com a gastronomia: “Identidade Cultural”, “Saúde e Nutrição”, “Modos de Produção”, “Escassez e Fome” e “Agrotóxicos e Transgênicos”. A partir destes pontos, abre-se uma gama ampla de estudos, os quais cada tutoria escolhe o quê e como vai trabalhar o tema.

Acompanhe as pesquisas de suas filhas e filhos em suas respectivas tutorias. Pergunte sobre o que eles estão fazendo e aproveite o melhor de todo este processo de construção do conhecimento.

Conheça um pouco mais sobre algumas das Festas da Cultura que já aconteceram nos links abaixo.

2018 – O esporte além da competição

2017 – Olhares sobre Tecnologia e Games

2016 – A Música tomou conta da escola